Pra quê Advogado?

O Advogado é a pessoa que pratica a lei, como conselheiro, consultor ou representante, atuando para proteger os interesses dos seus clientes, sejam eles pessoas físicas, instituições ou empresas, e fazer valer seus direitos conforme a lei, nos mais diversos assuntos na coexistência em sociedade.

01. Contrate um Advogado

A Paulon Escritorio de Advocacia possui advogados capazes de atuar nas mais diversas áreas cíveis, representando seus clientes em disputas, avaliando contratos, providenciando suporte legal, dentre outras atividades que necessitem de acompanhamento legal.

02. Tenha sua documentação com o necessário respaldo legal.

Elabore testamentos, contratos, acordos, estabeleça empresas, tudo com a segurança legal necessária para evitar problemas  no futuro.

03. Tire suas dúvidas

Nossa equipe está a disposição para tirar duvidas legais,sejam elas simples ou mais complexas. Deixe uma mensagem para receber conselho legal, ou faça-nos uma visita para uma avaliação mais profunda.

Nossos Serviços

Aconselhamento Jurídico

Receba aconselhamento e acompanhamento em assuntos de natureza jurídica de seu interesse.

Disputas Judiciais

Assistência nos casos de disputas judiciais, processos e outros assuntos que necessitem mediação e representação perante juízo.

Direito do Consumidor

Defenda seus direitos contra práticas abusivas de empresas, Busque indenizações ou a correção de desvios na aquisição de produtos ou serviços.

Testamento e Sucessões

Assegure que seus desejos se farão valer para seus herdeiros e sucessores não se vejam prejudicados ou sofram questionamentos no futuro..

Direito a medicamentos

Faça valer seus direitos a medicamentos e cuidados médicos frente a planos de saúde, e instituições governamentais de modo a não sofrer interrupções em tratamentos importantes

Avaliação de documentos

Elabore, revise e acompanhe contratos, sociedades e parcerias, segundo um modelo legal adequado.

Pesquisa Jurídica

Faça pesquisas na legislação sobre assuntos de seu interesse, recebendo aconselhamento sobre como melhor proceder caso a caso.

Receba nossas publicações em primeira mão

Receba nossas publicações em primeira mão

Áreas de Atuação Principais

Assistência qualificada

  • Acidentes
  • Processos indenizatórios
  • Dívidas
  • Representação Legal
  • Area tributária
  • Vara de família
  • Justiça do trabalho
  • Direitos do Idoso
  • Estatuto da Criança e Adolescente
  • Direitos de portadores de necessidades especiais
100%

Confidencialidade

320+

Clientes Satisfeitos

96%

Causas Bem Sucedidas

1013

Causas Registradas

Publicações Recentes

Artigos, Notícias e Jurisprudências

Nossa Equipe

Equipe especializada

A PAULON Escritório de Advocacia possiu especialistas para atender as necessidades de todo tipo de cliente nas mais diversas áreas

  • cível
  • tributaria
  • familia
  • órfãos e sucessões
  • etc
João - Preta e Branca

João Renato Paulon

Advogado

Formado pela Cândido Mendes, com mestrado em Direito Publico e Privado pela Associação Ministério Publico Rio de Janeiro e pós graduando em Relações Internacionais pela UFRGS, Dr. Paulon tem mais de dez anos de experiência na área de advocacia, com centenas de causas bem sucedidas nas mais diversas varas e tribunais.

Nossa qualificação profissional

cursos e certificados

FAQ

Informe-se

A princípio todo cidadão deveria conhecer seus direitos, porém, no nosso vasto sistema jurídico devido a quantidade e extensão da legislação essa condição torna-se proibitiva. Para isso, sempre é bom consultar um advogado sempre que alguma coisa parecer inadequada ou mesmo “boa demais para ser verdade”.

De acordo com a legislação brasileira, só é possível ingressar na justiça sem o apoio de um advogado no juizado especial cível, em causas de valor até 20 salários mínimos, na solicitação de habeas corpus, na justiça do trabalho e no Juizado especial federal.. Ressalva-se que, mesmo nesses casos, caso haja recurso por quaisquer das partes envolvidas, ou trate-se de processo criminal, a presença de advogados torna-se obrigatória,

Para os demais casos jurídicos, é necessário o acompanhamento advocatício.

Uma das prerrogativas do advogado, garantidas por lei, é que a comunicação entre cliente e advogado é inviolável e sigilosa, não podendo ser captada ou utilizada por quaisquer outras pessoas ou entidades para qualquer fim, sem expressa autorização.

Sim, a relação cliente-advogado pode ser encerrada por uma das partes, sendo necessária a formalização da renuncia do advogado antigo nos processos, na maioria dos casos.

Faça uma consulta jurídica gratuita